(repost) Brasileiro retira crianças de cadeia na Bolívia

A matéria é de 2015, a luta continua…

Brasileiro retira crianças de cadeia na Bolívia
O missionário brasileiro Ricardo Silva, o Ricco, está fazendo um trabalho pequeno, mas exemplar em Puerto Soarez, fronteira da Bolívia com o Brasil. Ele chegou lá para plantar igrejas locais, mas se deparou com um problema comum: crianças que vivem em cadeiras e presídios porque seus pais estão encarcerados. Ricco fez o que poucos lá fazem: começou a acolher e cuidar destas crianças. O site Irmaos.com me convidou para participar da entrevista com Ricco. Ouça a nossa conversa e conheça um pouco mais desta iniciativa. Descubra como a certeza da vocação nos ajuda a melhorar a sociedade.
Eu estive na Bolívia em 2001 e tenho um carinho especial pelo povo de lá. Aprendi muito sobre como lidar com outra cultura e como amar gente que não conhecemos.

fonte: http://ultimato.com.br/sites/fatosecorrelatos/2015/08/18/brasileiro-retira-criancas-de-cadeia-na-bolivia/

Projeto com crianças dos presídios na Bolívia na Revista Ultimato

ultimato (4)

Leia a matéria, Saiu na Ultimato de Set/Out 2015:

As crianças presas em Puerto Suarez

Elas são crianças e vivem encarceradas. Mas nunca cometeram crime algum. O que parece um erro judicial acontece normalmente na Bolívia. Segundo o UNICEF, no período de 2000 a 2008, as crianças que moraram em presídios com seus pais chegaram ao número de 1.168 (17% da população carcerária). As crianças representam mais de 42% (quase 4 milhões) da população boliviana.

O brasileiro Ricardo Silva, o “Ricco”, chegou em Puerto Suarez, fronteira com o Brasil, com a missão de fundar igrejas. Ele passaria um tempo específico para cumprimento do estágio transcultural do curso teológico que fazia. Ricco começou a visitar a população, e um dia foi convidado a realizar um culto na cadeia da cidade. Chegando lá, ele viu crianças brincando e achou que era dia de visita familiar, e logo disse: “eu volto outro dia; hoje é dia de visita”. Mas o guarda respondeu: “não, não é dia de visita”. Então Ricco entendeu que aquelas crianças não estavam visitando suas mães; elas moravam lá.

Ricco não abandonou seu chamado de fundar comunidades cristãs. Mas entendeu que Deus havia dado a ele a missão de acolher crianças que não podiam exercer o direito básico da liberdade porque suas mães estavam cumprindo penas. Ele então fundou a Casa Lar Redención. Começou assim: ele e sua família cuidavam dos pequenos durante o dia e os levavam de volta para a cadeia à noite. Hoje, as crianças moram lá e recebem todo o cuidado necessário. A estrutura é pequena, mas é a única instituição num raio de 300 quilômetros. O projeto, que hoje cuida de 13 crianças, se tornou um poderoso testemunho do amor de Deus.

Ricco chegou com um plano – fundar igrejas. Mas lá, descobriu que já havia muitas igrejas. Por outro lado, ninguém enfrentava o problema das crianças na cadeia. Ricco entendeu que o plano seria outro; seria responder às necessidades dos pequeninos. Moral da história? Atualmente, nenhuma criança mora na cadeia de Puerto Suarez.

Fonte: Revista Ultimato / texto de Lissander Dias

Ótima matéria sobre crianças nos presídios bolivianos

Mais uma boa maneira de você conhecer um pouco mais sobre o desafio que temos enfrentado aqui na Bolívia. A boa notícia é que podemos fazer algo pelas crianças, e estamos fazendo. Assista o vídeo abaixo ou clique aqui. Junte-se a nós pelas crianças bolivianas, saiba mais em www.em.org.br

Aqui tem uma lista de matérias, reportagens e vídeos com bastante informações sobre o tema crianças nos presídios bolivianos.

Abração

ricco

Batismo no presídio da Bolívia

Uma imagem vale mais que mil palavras. O C. estava preso e foi alcançado pelo Evangelho com os cultos no presídio da Bolívia. Estava convicto de sua fé e se preparou para o batismo, mas uma semana antes (do batismo) ele ganhou a liberdade. Para minha surpresa, ele voltou ao presídio só para se batizar. Pediu uma permissão especial aos guardas para entrar na cadeia de novo, foi batizado, chorou muito, e me disse: “Pastor, foi aqui que eu conheci a Cristo, e é aqui que e queria ser batizado, pois foi na cadeia que me tornei um novo homem. E esta é a lembrança que quero levar dos anos na prisão: o lugar que conheci a Cristo e fui batizado, agora eu saio como um novo homem”.

Ai, até eu chorei…

batismo-bolivia-presidio

Veja mais fotos do batismo abaixo
[portfolio_slideshow id=513]

Nosso papel é ser um pouco de cada…

DSC09405blog

Um pouco pai, um pouco pastor, um pouco amigo, um pouco educador.

É assim que seguimos nosso ministério aqui na Casa Lar da Expedição Mochila na Bolívia. Na foto comigo estão o Carmelo, o Isael e o Erlan. Três garotos que chegaram aqui por motivos diferentes e temos aprendido juntos sobre o amor de Deus e a amizade.

É um prazer e um privilégio servir aqui ao lado deles aqui sendo um pouco de cada vez a cada dia!

“…Sé fiel hasta la muerte, y yo te daré la corona de la vida.” Apocalipse 2.10 RV

Ricco

O ministério missionário da Beca e da Rafa

familiahogar2

Ai estão nossas filhas Beca e Rafa com Amilton e Judith da Casa Lar da Expedição Mochila na Bolívia. Nossas filhas se misturam com as crianças da Casa Lar, brincam, se divertem, adoram estar com eles. E assim elas cumprem o ministério missionário junto conosco, simplesmente sendo criança!

Este é um motivo de louvor, a maneira que servem a Deus conosco hoje e como Deus tem cuidado delas.

Até mais

Ricco

Saiba mais sobre o orfanato na Bolívia

niños carcel bolivia orfanatocrianças no orfanato da Expedição Mochila na Bolívia

O orfanato aqui na Bolívia começou e estamos caminhando, aprendendo, descobrindo. Tem sido uma boa experiência cuidar dos garotos aqui. O nosso plano original era tirar as crianças do presídio de Puerto Suarez, e cumprimos esta tarefa. Estamos fazendo mais, pois a Defensoria de la Niñez da cidade tem nos enviado crianças órfãs, abandonadas e com todo tipo de abuso e exploração.

Uma boa maneira de ficar informado sobre o orfanato é dar um CURTIR na página da Expedição Mochila no Facebook.

Eu montei uma lista com vários links de matérias, vídeos, reportagens e outras informações sobre as crianças nos presídios da Bolívia. Tem matéria da TIME e da BBC, vídeos de ministérios que atuam na Bolívia e bastante coisa para você se informar. Clique aqui e veja a lista, e aos poucos pode ir tomando conhecimento do tamanho do desafio que estamos envolvidos ao decidir trabalhar para tirar as crianças dos presídios.

Valeu e até mais

Ricco