Segurando as cordas

Acho muito inadequado o termo “trabalho secular” para se referir a alguém que não está ligado diretamente a obra missionária e pastoral. Existe um movimento dentro das igrejas que quase canoniza os missionários, e quanto mais pra longe ele vai, parece que mais espiritual ele é. Ai tem alguém que trabalha o mês inteiro, acorda cedo, aguenta o chefe, os clientes, chega tarde em casa, trabalha duro o mês inteiro. No final ele oferta para a obra de Deus e garante que o trabalho missionário aconteça. Ai dizemos que o trabalho do missionário é santo e do que está sustentando a obra é “secular”.

corda

Precisamos de um movimento para abaixar a bola dos missionários e levantar a dos mantenedores, e assim trazer um equilíbrio onde a única pessoa importante da missão seja Jesus Cristo! Se você oferta para a obra missionária ou dá qualquer outro suporte as equipes e aos projetos, você está conectado com Cristo e com o avanço do Seu reino. O seu trabalho, não importa qual seja, não é secular, mas é tão espiritual quanto o do missionário no campo!!!

Segurar as cordas é tão espiritual, importante e necessário quanto descer no fundo do poço.

E nesta missão, o único importante é Ele!