Criança que não sabe escrever também pode fazer a lista de compras

Eu tenho duas filhas, uma sabe escrever e outra ainda não. A que sabe escrever sempre quer fazer a lista de compras e a outra, que não sabe escrever, quer fazer também. Encontramos uma maneira simples de ajudar seu filho que não ainda não escrever a fazer a lista de compras. Ah, eu tenho mais uma filha, mas esta não importa ainda com a lista de compras!


caso não veja o vídeo acima clique aqui

Segurando as cordas

Acho muito inadequado o termo “trabalho secular” para se referir a alguém que não está ligado diretamente a obra missionária e pastoral. Existe um movimento dentro das igrejas que quase canoniza os missionários, e quanto mais pra longe ele vai, parece que mais espiritual ele é. Ai tem alguém que trabalha o mês inteiro, acorda cedo, aguenta o chefe, os clientes, chega tarde em casa, trabalha duro o mês inteiro. No final ele oferta para a obra de Deus e garante que o trabalho missionário aconteça. Ai dizemos que o trabalho do missionário é santo e do que está sustentando a obra é “secular”.

corda

Precisamos de um movimento para abaixar a bola dos missionários e levantar a dos mantenedores, e assim trazer um equilíbrio onde a única pessoa importante da missão seja Jesus Cristo! Se você oferta para a obra missionária ou dá qualquer outro suporte as equipes e aos projetos, você está conectado com Cristo e com o avanço do Seu reino. O seu trabalho, não importa qual seja, não é secular, mas é tão espiritual quanto o do missionário no campo!!!

Segurar as cordas é tão espiritual, importante e necessário quanto descer no fundo do poço.

E nesta missão, o único importante é Ele!

10 coisas que os missionários não irão te falar

Estes dias recebi de um amigo o link para o post “10 THINGS MISSIONARIES WON’T TELL YOU” (10 coisas que os missionários não irão te falar) e me identifiquei com alguns pontos enquanto achei outros exagerado ou bem pessimista. Porém é um lado da moeda que poucas vezes você, que não é missionário, vai perceber. Claro que esta lista não é uma regra, eu mesmo não me encaixo nem um pouco nos pontos 1, 6, 8 e 9. No post original um casal de missionários na Ásia escreveu uma resposta contrastando com cada ponto e mostrando que cada missionário e suas histórias são bem diferentes. Mas acho que vale a leitura e a reflexão.

Ricco

10 COISAS QUE OS MISSIONÁRIOS NAO IRÃO TE FALAR
por Adam Mosley – veja o artigo original aqui http://www.trinitykenya.com/10-things-missionaries-wont-tell/

Ser um missionário é um trabalho duro, e todo mundo sabe disso. Mas as partes que achamos mais pesadas, tais como a falta de equipamentos modernos, exposição a doenças, e assim por diante – são apenas o início das dificuldades de um verdadeiro missionário. Geralmente, as coisas não faladas, são as que realmente começam a consumir a paixão e alma de um missionário. Aqui estão apenas algumas dessas coisas:

escrever

1. ELES NÃO TÊM TEMPO OU ENERGIA PARA ESCREVER… MAS ELES O FAZEM PARA VOCÊ

O QUE ELES DIZEM
Você já leu o meu último boletim informativo?

O QUE ELES QUEREM DIZER
Boletins informativos, posts de blog, atualizações de website – todos os “experts” me dizem que eu preciso estar enviando conteúdo novo com frequência para que você não se esqueça de mim. Mas o que acontece é que… escrever é difícil, especialmente para aqueles que não são escritores natos. Você sabe o que mais é difícil? HTML, CSS, PHP (códigos para páginas web), e muitas outras coisas tecnológicas que você tem que aprender somente para fazer um website ou e-mail parecerem decentes. Eu realmente quero lhe dizer o que de fato acontece, mas é difícil tornar uma narrativa interessante, enquanto eu tenho uma criança doente dormindo no meu colo. Se eu tiver ainda que procurar como codificar um link “enviar para” uma vez mais, eu vou acabar gritando!

like

2. CURTIDAS DE FACEBOOK NÃO PAGAM AS CONTAS

O QUE ELES DIZEM
Muito obrigado pelo incentivo!

O QUE ELES QUEREM DIZER
Fico feliz que você gostou do meu status do Facebook, de verdade. A coisa é, quando eu digo que precisamos de 1200 dólares até o final da semana para pagar as matrículas escolares para crianças órfãs, eu estou falando de dinheiro e necessidade real. Ao contrário dos rumores, Bill Gates não doa 1 dólar para cada curtida. Essa parte é com você. Então, da próxima vez que você curtir meu status, considere me enviar alguns dólares também.

dinheiro

3. ELES PEDEM DINHEIRO POR NÃO TEREM OUTRA ESCOLHA

O QUE ELES DIZEM
Eu estou confiando em Deus para prover, e eu sou muito grato por nossos colaboradores.

O QUE ELES QUEREM DIZER
Antes que você pense que o item nº2 soou um pouco chorão e faminto por dinheiro, você deveria saber que eu sempre odeio pedir dinheiro, sempre; e agora eu tenho que pedir quase o tempo todo. Mesmo quando eu não estou pedindo, eu estou pensando em pedir. Nunca há recursos suficientes para fazer todo o bem que eu estou tentando fazer, e eu vivo com uma sensação incômoda de que a única pessoa que eu não peço é quem teria escrito o generoso cheque. Então, quando eu pedir dinheiro, saiba que eu o faço com temor e tremor.

solidao

4. VOCÊ NUNCA FICARÁ SABENDO SOBRE OS PIORES DIAS DELES

O QUE ELES DIZEM
Por favor orem por mim. Esta semana tem sido de desafios.

O QUE ELES QUEREM DIZER
As coisas estão muito mal aqui. Se eu lhe dissesse o que realmente está acontecendo, ou você viria me resgatar, ou iria pensar que eu estou exagerando. Se você ouvisse algumas das coisas que eu falo em voz alta, você questionaria a minha salvação. Se você soubesse alguns dos pensamentos que passam em minha cabeça, você questionaria a minha sanidade mental. Às vezes, dias bons são difíceis de acontecer, mas eu não me atrevo a lhe contar o pior, porque se eu o fizer, você provavelmente irá me dizer para jogar a toalha.

ferias

5. ELES PRECISAM DE UMAS FÉRIAS…MAS NÃO VÃO TE CONTAR SE ELES TIRAREM UMA

O QUE ELES DIZEM
Eu preciso de um tempo para descansar.

O QUE ELES QUEREM DIZER
Depois de 2 ou 3 anos de trabalho árduo, a maioria das pessoas se sentem merecedoras de um pouco de descanso. Levam a família para a praia, visitam um parque temático, um parque nacional, ou um parque da cidade. Eu adoraria um período de férias, mas honestamente, eu me sinto culpado “mimando” a mim mesmo, ao invés de estar colocando todo o meu tempo e recursos no ministério. Em cima disso, eu sei que algumas pessoas vão me julgar se minhas férias forem “muito boas”. Se eu economizar centavos por 5 anos para que eu possa passar uma semana em uma ilha exótica, você nunca vai ouvir a respeito, porque eu não vou poder lidar com os comentários sarcásticos (aqueles que vão jogar na minha cara) como “deve ser muito bom”, ou mesmo, “minhas doações pagaram as suas férias” (pensam, mas não dizem em voz alta, pelo menos não para mim). Por isso, eu mantenho algumas coisas boas somente para mim mesmo, por medo de ser julgado.

grupos

6. RECEBER EQUIPES É UM PESADELO

O QUE ELES DIZEM
Estou empolgado com a vinda da sua equipe

O QUE ELES QUEREM DIZER
Valeu a intenção. Você acha que está me fazendo um favor. Trinta pessoas aparecem na minha porta e esperam que eu forneça transporte, alimentação, hospedagem, passeios, e uma longa lista de projetos. Você está aqui para “ajudar”. Nas outras 51 semanas do ano, conseguimos muito bem fazer o que precisa ser feito aqui sem a ajuda de vocês, com exceção do tempo que gastamos trabalhando na logística da sua equipe. Você vem e quer ajudar a construir uma cerca, sendo que eu posso contratar trabalhadores locais para construí-la por uma pequena fração do que você gastou para vir até aqui. Eu aprecio o seu desejo de ajudar, e eu ainda amo ter visitantes, mas considere o tamanho e as expectativas de seu grupo antes de planejar a sua viagem. Uma equipe de 3 ou 4 pessoas altamente qualificadas é muito mais valioso para o nosso ministério do que um bando de turistas de missão.

casa

7. “VOLTAR PARA CASA” DÁ MUITO TRABALHO

O QUE ELES DIZEM
É muito bom estar de volta ao lar.

O QUE ELES QUEREM DIZER
Por favor, entenda que eu agora tenho duas casas. Quando estou em uma, eu estou longe da outra, e há muita emoção envolvida nisso. Além de tudo, minha vida é uma loucura quando vou “para casa”. Eu tenho que ver parentes e amigos, visitar igrejas parceiras, e cuidar de assuntos referentes a minha saúde, meus aparelhos eletrônicos e minha papelada do governo. Quer se trate de algumas semanas ou alguns meses, eu gasto meu tempo vivendo agitadamente fazendo as malas e correndo de um compromisso para a outro. É bom estar em casa? Claro, mas quando eu entro no avião para ir para a minha outra casa, eu respiro aliviadamente que a vida está quase de volta ao “normal”.

controle

8. É FÁCIL PARA DEUS NÃO ESTAR NO COMANDO DAS VIDAS DELES

O QUE ELES DIZEM
Eu não sou bom em cuidar de mim mesmo.

O QUE ELES QUEREM DIZER
Vamos admitir, eu não sou nenhum santo. Eu não sou mais espiritual do que você. Eu não começo o meu dia com três horas de leitura devocionais e oração. Eu normalmente me levanto e começo a trabalhar. E há muito trabalho a ser feito. Na verdade, há tanta necessidade aqui que é muito fácil estar focado em fazer as coisas de Deus, e acabar perdendo de vista o próprio Deus. Ao prosseguir na minha vocação, eu de alguma forma tenho me esquecido daquele que me chamou. A minha vida espiritual é quase inexistente, além do ocasional grito desesperado de “Por que Deus?”

acreditar

9. É DIFÍCIL CONFIAR NAS PESSOAS

O QUE ELES DIZEM
Estou apenas procurando por alguns parceiros estratégicos.

O QUE ELES QUEREM DIZER
Existem pessoas boas aqui, realmente há, mas eu tenho presenciado o pior da humanidade em meu trabalho por aqui, em grande parte de pessoas com quem trabalhei e confiei. Outros missionários e pastores podem ser o pior. Quando você pensa que conhece alguém, ele quer apunhalá-lo pelas costas, pela frente, e por ambos os lados. Eu cheguei a um ponto onde eu simplesmente não confio em ninguém. Estou armado, e vou continuar assim. Eu me recuso a me queimar novamente. Se isso significa que eu tenha que fazer tudo sozinho, assim será.

sozinho

10. ELES SÃO SOLITÁRIOS

O QUE ELES DIZEM
Eu estou bem – apenas muito ocupado com o ministério.

O QUE ELES QUEREM DIZER
Tenho negligenciado meu relacionamento com Deus, e desistido de pessoas completamente, só me sobrou eu mesmo. Eu odeio isso. Eu quero desistir. Eu tenho sonhos sobre o que minha vida seria se eu voltasse para minha cidade natal, a minha antiga igreja, e os meus velhos amigos. Eu poderia conseguir um emprego normal, ganhar um salário – com seguro saúde e férias pagas. Eu poderia fazer compras e comer em lugares normais. Acima de tudo, eu poderia ter relacionamentos normais. Mas aqui? Eu estou sozinho. Eu não sei se há alguém como eu aqui, e eu sei que ninguém em casa entende. Quero me sentir querido, convidado, e amado. Eu quero alguém que derrame sobre mim, da mesma maneira que eu estou derramando sobre os outros.

Sou imensamente grato aos meus amigos missionários ao redor do mundo que me ajudaram a formular esta lista. Se você é um amigo, familiar, ou ajuda a um missionário, por favor, compartilhe essa matéria com eles e promova um debate de qualidade sobre estas questões. Para saber mais sobre a nossa resposta, visite www.trinitykenya.com

*imagens retiradas do post original

*Agradeço ao meu amigo Paulo Vianna da Missão Paifes pela tradução do artigo original em inglês para o português para podermos dividir com você aqui no blog.

Batismo no presídio da Bolívia

Uma imagem vale mais que mil palavras. O C. estava preso e foi alcançado pelo Evangelho com os cultos no presídio da Bolívia. Estava convicto de sua fé e se preparou para o batismo, mas uma semana antes (do batismo) ele ganhou a liberdade. Para minha surpresa, ele voltou ao presídio só para se batizar. Pediu uma permissão especial aos guardas para entrar na cadeia de novo, foi batizado, chorou muito, e me disse: “Pastor, foi aqui que eu conheci a Cristo, e é aqui que e queria ser batizado, pois foi na cadeia que me tornei um novo homem. E esta é a lembrança que quero levar dos anos na prisão: o lugar que conheci a Cristo e fui batizado, agora eu saio como um novo homem”.

Ai, até eu chorei…

batismo-bolivia-presidio

Veja mais fotos do batismo abaixo
[portfolio_slideshow id=513]

A decepção com o filme Noé

Condenam o filme Noé como herético, como se pudesse sair alguma coisa não herética de Hollywood. A decepção com o filme Noé também é uma decepção com a ideia de que o Evangelho deve ser comunicado pela arte como o cinema e a música. A mensagem do simples púlpito na igreja perde importância nesta geração. O cinema tem obrigação de ser fiel a Bíblia só por que escolheu Noé? Muito acreditam que sim. Reclamam do filme Noé como se reclama de um pregador que fala besteira.

Exigir que o cinema hollywoodiano nos alimente como a mensagem do púlpito. Isso é um problema, não o filme Noé.

P.S.: Não assisti Noé, a sala de cinema mais próxima fica 600 km de onde eu moro.

Onde você trabalha para o reino?

Mas, agora, não tendo já campo de atividade nestas regiões e desejando há muito visitar-vos, penso em fazê-lo quando em viagem para a Espanha, pois espero que, de passagem, estarei convosco e que para lá seja por vós encaminhado, depois de haver primeiro desfrutado um pouco a vossa companhia. Rm 15.23-24

Por que Paulo disse que não tinha mais atividade nas regiões onde estava e pediu ajuda da igreja de Roma para ir até a Espanha? Cidades como Éfeso, Galácia, Colossos e até Roma ou Jerusalém, já estavam totalmente alcançadas, todos tinha se convertidos? Aqui a palavra atividade pode ser traduzida também por oportunidade, ou melhor, todas oportunidades de anunciar o Evangelho já tinham se encerrado por ali?

Não, claro que não. Pois nem todos naquelas regiões tinham se convertido e ainda tinha muito trabalho e muita gente pra ser ganha para Jesus. Mas Paulo diz “não tendo já campo de atividade nestas regiões” por pelo menos três motivos:

Ele entendia que cada parte do corpo tem sua função
Paulo sabia que cada membro da igreja tinha sua função, a dele era abrir novas frentes de trabalho e plantar igrejas, enquanto a função de outros era atuar nestas igrejas já plantadas. E não existia um sentimento de competição por qual trabalho ou qual necessidade atendida era mais importante ou melhor. Ele mesmo ensinou que um planta, outro rega, e Deus dá o crescimento (1 Co 3.6). E assim ele acreditava na igreja local para alcançar as cidades.

Ele acreditava no potencial da igreja local para alcançar os locais
Paulo acreditava na igreja e nas pessoas que tinha se convertido e iniciado uma comunidade cristã. Ele não tinha medo de delegar e nem tinha o sentimento de ser insubstituível. Paulo sabia que as igrejas já estabelecidas tinham muitos desafios ainda, é só ler suas cartas para ver como ele conhecia e trabalhava pelos problemas da igreja. Mas ele não parava nos problemas, apesar de estar a distância e tentar resolvê-los, ele sabia que a Palavra tinha que se expandir para outras regiões.

O Evangelho precisa avançar para regiões não alcançadas
Paulo entendia muito bem seu chamado: os gentios. E para cumprir o chamado ele tinha que viajar muito. O chamado de Paulo não era para uma região geográfica, uma cidade ou país, mas para um grupo de povo. Tudo bem que fora os judeus, todos eram gentios. Mas é interessante ver como Paulo não mediu esforços para levar o Evangelho aos que ainda não ouviram, e plantar uma igreja onde ainda não existia uma comunidade cristã.

Algumas aplicações

A igreja nunca pode perder a visão de avançar aos não alcançados, os de longe. Nem todos vão até lá, mas todos devem estar envolvidos de alguma maneira, orando, doando, divulgando, enviando e mantendo. Paulo esperava que a igreja de Roma o enviasse a Espanha.

A igreja deve ter projetos para alcançar os de perto, sejam do bairro, sejam grupos específicos como universitários, moradores de rua, empresários. Temos que entender que alcançar não pe apenas levar as pessoas a fazer uma confissão, mas discipular, ensinar, acompanhar, pastorear.

Pensando nos dois pontos acima, é besteira ficar comparando onde a obra de Deus tem mais importância. Os de perto ou de longe, a classe média ou os moradores de rua, os jovens ou as crianças, quem já está na igreja ou quem ainda não está, todos precisam ouvir a Palavra e tem a mesma importância. Alguns tem menos oportunidades (mas este é um assunto para outro post), mas todos tem a mesma importância.

Os líderes devem acreditar e dar oportunidades aos novos obreiros (não digo novos convertidos). Paulo plantava a igreja, ficava um tempo discipulando eles de perto e depois ia embora. Ela dava oportunidade para seus discípulos trabalhar e deixava eles acertarem, errarem, mas acreditava neles.

Que em nós exista este sentimento de corpo, de unidade, e nunca percamos a visão de nos envolvermos no evangelismo e discipulado, sejam os de perto ou os de longe!

Ricco

Acampamento da Igreja Vida em Goiânia – GO

Tivemos um tempo muito legal e abençoado no Acampamento de Jovens e Adolescentes com a Igreja Vida em Goiânia – GO. Além da oportunidade de ministrar a Palavra e falar do projeto na Bolívia com as crianças nos presídios, pudemos fazer novos amigos e conhecer gente muito legal.

Queremos agradecer especialmente ao Pr Mario e Adriana, Pr Kenedy, Marcelo e Marília, Pra Lilian. Todos eles foram muito benção me nossas vidas. Agora temos um compromisso de amizade de parceria pelo reino de Deus.

Aqui um informativo da igreja com informações e fotos do retiro.

Valeu

Ricco

O cuidado que não é cuidado

Eu amo ensinar a Bíblia para as crianças do orfanato. E elas ainda recebem comida, uma boa cama, educação, saúde. Mas tenho sido incomodado com um pensando, e esta ideia me aflige especialmente quando saio do orfanato a noite e volto para minha casa. Quais os cuidado que uma criança precisa? Eu nunca vou suprir o que elas realmente precisam, todo amor e afeto que dou a elas nunca será igual ao amor e afeto que uma criança recebe em um contexto familiar.

email_familia

Deus tem me desafiado a me envolver mais ainda com elas. E isto não tem a ver com dar um bom par de tênis ou fazer um churrasco de vez em quando no orfanato, tem a ver com amor, afeto, carinho, envolvimento. Eu sei que nunca vou conseguir tratar estas crianças como trato minhas filhas Rebeca e Rafaela, mas Deus tem me cobrado para amá-las mais. E eu achando que fazia muito (pobre orgulho), Deus vem e mostra que é possível amar mais. Estou fazendo um desabafo, conto com suas orações por isto!

“Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.” 1 Coríntios 13.13

Ore também pela saúde da Lari, a gravidez e o bebê que vem ai, ore pela Rafaela que tem estado mal de saúde nestes dias.

Se além de orar, quiser contribuir com o sustento de nossa família, clique aqui ou entre em contato.

Valeu

Ricco