A chegada do Messias frustou muita gente

messias2

Mateus 2: caso Herodes soubesse que Jesus não tinha intenção de tomar o trono, ele não mandaria matar as crianças.
Mateus 16.22: caso Pedro soubesse que a cruz era parte essencial para o Messias, ele não seria repreendido.
João 6.15: caso a galera que foi alimentada soubesse que Jesus não iria e nem queria ir para o trono, eles não se frustrariam.
Atos 1.7: caso os discípulos soubessem que o plano de Deus, naquele momento, não tinha o reinado de estado em Israel como foco, eles fariam as perguntas certas.

Estas são apenas alguns exemplos das passagens onde todos pensaram que Jesus estava preocupado ou interessado em ocupar o trono de homens. Mas Ele veio para ocupar corações, reinar em vidas, em pessoas.

Ele não veio para ser chefe de estado e muito menos o líder de uma ONG para acabar com a fome e a miséria do mundo.

Quando entendemos o Messias de maneira errada, agimos errado, criamos expectativas erradas, nos frustramos com Deus desnecessariamente.

Se o foco de Deus é reinar nos corações, a pergunta mais importante não é se o próximo presidente vai ser evangélico, ou se a guerra no Oriente Médio vai acabar, ou qual a solução mais inovadora das startups e empreendedores de impacto social. A pergunta mais importante é: onde Jesus ainda não está reinando no MEU coração? Jesus de fato é meu Senhor ou “apenas” aquele que deve atender meus interesses e necessidades, afinal é todo poderoso!